Rupingazi

Uma vez concluído, este projeto de 6 MW irá melhorar o acesso a energia a mais de 175.000 no sopé do Monte Quénia.

O trabalho de desenvolvimento de pré-construção duma central hidroelétrica de fio de água parcialmente concluída no Quénia oriental está em progresso graças a um empréstimo de desenvolvimento de 0,2 milhões de dólares fornecido pela REPP.

O projeto de 6 MW está situado no rio Rupingazi, numa parte rural do condado de Embu, nas encostas sudeste do Monte Quénia. Foi suspenso em fevereiro de 2018 depois de os promotores de projetos com sede no Quénia, Kleen Hydro Limited, não terem conseguido obter financiamento adicional para continuar a construção. Na altura, era um dos projetos mini-hídricos mais avançados em desenvolvimento do país.

Prevê-se que o trabalho de construção comece novamente em 2019, sujeito à finalização da fase de desenvolvimento da pré-construção do projeto por parte dos promotores.

O projeto vai criar 72 empregos locais durante a construção e 2 cargos permanentes após concluído e vai também melhorar o acesso a energia limpa para mais de 175.000 pessoas.

A central de 200 m2 irá utilizar duas turbinas Francis de 3 MW de alta eficiência e encontra-se a 2,5 km de uma subestação de 33/11 kv. Para ligar a central à rede, será necessária a atualização e a extensão de uma linha de 11 kV existente que vai da subestação até um local a 800 m da central.

Um contrato de compra de energia de 20 anos foi assinado com o comprador Kenya Power.

O sucesso do projeto vai proporcionar aos patrocinadores a necessária experiência de conclusão (do projeto) e ajudá-los a atrair dívida prioritária para os seus outros projetos de gasodutos, e ao mesmo tempo demonstrar como — com a assistência da REPP — os promotores locais podem construir e operar esquemas de pequena escala que apoiam as metas de energia renovável do Quénia.

Estrutura de financiamento

Data de contrato: 15 de abril de 2018
Tipo de empréstimo: Empréstimo para desenvolvimento
Financiamento da REPP: 200.000 dólares